Agricultura sustentável une Caldas ao Japão

No último dia 10 de setembro, a Câmara Municipal de Caldas recebeu o evento Diálogos Brasil-Japão sobre agroecologia. Na ocasião, o representante japonês Shigueru Tanaka foi recebido pelas autoridades caldenses, e pode apresentar o trabalho que sua organização realiza em Tokio.

“Em Tókio, nós trocamos a luz das estrelas por painéis iluminados de propaganda. Milhões de pessoas vivem coladas umas nas outras, mas não conhecemos os nossos vizinhos. Por isso vim à Caldas, para saber como podemos ter uma vida comunitária mais forte. Queremos aprender com as experiências de agroecologia desta cidade.”

Shigueru Tanaka veio à Caldas a convite da Aliança em Prol da APA da Pedra, que coordena um projeto de agroecologia apoiado pelo Instituto Nacional para Conservação e Restauração do Meio Ambiente. A ONG japonesa apoia comunidades afetadas pela mineração em vários países do mundo, como Filipinas, Indonésia, Congo e Equador. O projeto Araucária Viva, realizado em Caldas, é a primeira experiência de construção de alternativas sustentáveis à mineração.

A cerimônia contou com a presença da agricultora agroecológica Eva Salvador Raimundo, da vereadora Rita Westin, do prefeito Dr. Alex, do presidente da Aliança pela Pedra Branca Daniel Tygel, e da representante do projeto Araucária Viva Uschi Silva. Ao final do evento, Shiguero recebeu de presente uma cesta contendo produtos típicos da cidade: vinhos, doces, farinha de milho, artesanato de palha, e uma bandeira do Divino.

O evento contou ainda com a abertura dos corais Canto da Terra e Doces Vozes. Foto: Cuia Guimarães

Um comentário em “Agricultura sustentável une Caldas ao Japão

  • 23 de outubro de 2018 em 11:59
    Permalink

    Uma iniciativa nobre que deve ser aplaudida, incentivada e continuada pelos valorosos caldenses.!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *