“Queremos que Caldas seja uma referência para capoeira na nossa região”

Sessão desta quarta-feira (19) teve aula sobre Capoeira Angola e pedido de apoio do poder público para o desenvolvimento da prática

por Alan Tygel

“Eu tenho uma missão, e essa missão envolve caldas. Capoeira é minha missão, e Caldas é onde ela vai acontecer.” Foi com este tom que o professor e capoeirista Ewerton Teixeira apresentou a Capoeira Angola nesta noite na Câmara de Vereadores de Caldas, e solicitou mais apoio do poder público para a prática.

Ewerton discursou aos vereadores sobre a necessidade de incentivo à capoeira na cidade de Caldas, como forma promover diversos benefícios sociais para a cidade.

De acordo com ele, “a capoeira nasceu na senzala, na lavoura de cana e hoje está em mais de 150 países. Não tem limite de corpo, idade, estatura, todos podem se aproximar dela.”

A capoeira cultiva diversos valores, transmitidos há várias gerações de capoeiristas: “Valorizamos muito a figura do mestre, a figura do mais velho. É o respeito àqueles que vieram antes de nós.”

A Escola de Capoeira Angola Resistência, da qual Ewerton é um dos instrutores, está presente em Poços de Caldas, Campinas, Hortolândia, Pirassununga, Lavras e Três Lagos (MS). Em Caldas, o núcleo existe desde 2014. Ewerton destaca o papel social da capoeira:

“Caldas precisa de trabalhos como esse. Precisa ampliar o acesso a parcelas de nossa comunidade que estão desamparadas. Percebemos numa rápida passada pela praça jovens ociosos que poderiam estar se dedicando a uma arte, esporte, mas não conseguimos chegar neles. É importante terem atividades que zelem por uma formação completa. Por exemplo, nós obrigamos os alunos a frequentar a escola. Não adianta um capoeirista habilidoso sem conhecimento. Caldas tem uma carência neste sentido.”, afirmou Ewerton.

Ewerton entregou um projeto aos vereadores e ao prefeito de Caldas, solicitando apoio para oferecer aulas de capoeira para as crianças do projeto Arco Íris, que funciona no bairro da Santa Cruz. Segundo ele, além das aula de capoeira, o projeto prevê acompanhamento escolar.

Todos os vereadores e vereadoras presentes se manifestaram, e se comprometeram a buscar formas de contribuir para a expansão da prática da Capoeira no município.

Onde encontrar?

Atualmente, os treinos de Capoeira Angola acontecem às terças e quintas à noite na quadra do Copas. Aos domingos, o grupo treina às 9:30, no Espaço Aldeia de Luz, em Pocinhos do Rio Verde.

Evento

Nos dias 13 e 14 de julho, cerca de 100 capoeiristas da região se reunirão em Caldas para uma grande vivência. Durante estes dias, acontecem oficinas e prática também abertas à comunidade caldense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *